Vila Real Santo António
ERA Vila Real Santo António

NOTÍCIAS

O Algarve está a mudar. Em 2017 Monte Gordo terá uma cara nova

 
8 DEZEMBRO 2016
 
As praias do concelho de Vila Real de Santo António vão ser requalificadas e sujeitas à maior revolução urbanística da história Férias no Sotavento algarvio no próximo verão? Prepare-se porque algumas zonas podem estar irreconhecíveis. Na praia de Monte Gordo, está em curso uma operação sem precedentes de requalificação que vai mudar totalmente a paisagem. Toda a linha de costa do concelho de Vila Real de Santo António (VRSA) - que inclui várias praias conhecidas, como Manta Rota e Cacela Velha, vai ser alvo de uma intervenção urbanística, coordenada pela Câmara Municipal, mas que tem também o apoio da Agência Portuguesa do Ambiente e da Capitania. Hotéis de charme, reabilitação de toda a zona da foz do Guadiana e do passeio ribeirinho da cidade, bem como do centro histórico, são alguns exemplos que vão contribuir para um novo Algarve. O investimento está estimado em cerca de 200 milhões de euros, que virá sobretudo de privados na construção e exploração de novas unidades hoteleiras. "Todos este projetos têm como significado mais forte o fim de tudo o que foi feito de mau no Algarve no que diz respeito à excessiva densidade urbanística", salienta Luís Gomes, presidente da autarquia desde 2005, eleito pelo PSD, com maioria absoluta nos dois últimos mandatos. Está agora de saída, com o seu terceiro mandato a terminar nas próximas autárquicas de 2017 e quer deixar uma imagem desta costa bem diferente daquela que encontrou, "quando ainda havia esgotos a correr para as praias do concelho". Águas cristalinas e tépidas, areia branca e macia, um tempo sempre ameno, fazem desta zona uma das mais procuradas pelos portugueses. E porque demorou tanto tempo a lançar esta "revolução"? "Foi o tempo que levou, cerca de sete anos, a incentivar e a sensibilizar o Estado para apoiar o plano", justifica Luís Gomes, que salienta o papel da Agência do Ambiente e da ministra do Mar do atual governo, Ana Paula Vitorino. Com a conclusão prevista para o próximo verão está o lifting da praia de Monte Gordo. Todos os apoios de praia vão ser demolidos e 16 novos, bem alinhados às dunas e com uma arquitetura discreta, vão ali nascer. Desde o hotel Dunamar até ao final da linha de costa do concelho será instalado um passadiço de madeira com um total de 2,5 km. Paralelamente, será criado um passeio marítimo, na frente mar, com espaços verdes e de lazer, comércio, lojas e restauração. "À requalificação do espaço público irá juntar-se o desenvolvimento da nova identidade visual de Monte Gordo, cuja aplicação será gradualmente efetuada durante a operação de reordenamento da faixa litoral", assinala Luís Gomes. "A nova imagem inspira-se nas memórias, tradições e valores naturais daquela zona balnear e visa consolidar a marca turística de Monte Gordo", acrescenta ainda.